Família: Árvore de raízes profundas

Postado em 10/07/2017 | 1 comentário

Por Suely Buriasco

Minha tia Candinha gosta de repetir essa definição de família elaborada por seu cunhado Jarbas, irmão do nosso saudoso tio Elias: “Família é uma quadrilha organizada em nome do amor”. Realmente tem todo sentido. O clã familiar não é uma organização perfeita e nem poderia ser já que é formada por seres humanos, mas mesmo sendo uma “quadrilha” o que vale é que seja unida pelo amor.

Conceição e Ormenzindo representam o tronco de uma família que se tornou muito grande com o tempo. Tiveram 10 filhos: 6 meninas e 4 meninos que formaram suas próprias famílias, ramificando mais e mais a árvore dos “Borges de Oliveira”. Sou muito grata por fazer parte dessa árvore e sorver a seiva de tantos exemplos de dignidade, fé, amor e respeito ao próximo. Esse ano faz 30 anos que a vovó Conceição e o vovô Ormenzindo partiram fisicamente, num intervalo de apenas dois meses. Deixaram um grande vazio que tem sido preenchido pelos ensinamentos que são passados pelas gerações que se seguem. A prova disso é o quanto os netos, bisnetos e tataranetos, que sequer os conheceram, continuam a vibrar por cada encontro familiar.

Duas vezes por ano a família se movimenta, os irmãos se encontram e toda a grande árvore familiar se sacode em ritmo de comemoração. Julho é o “Esquenta”; janeiro o “Encontro”. Duas festas que são preparadas com grande alegria e dedicação: encontro dessa quadrilha unida pelo amor. São momentos indescritíveis, fonte de energia benfazeja que inunda todos os presentes, hoje várias gerações. Os que não podem ir, mandam mensagens, vídeos e vibram com as notícias da festa; os que vão se emocionam, divertem e renovam a alegria e união familiar.

São dois encontros físicos, mas via internet, em um grupo social, nos falamos todos os dias transmitindo e recebendo vibrações carinhosas e ensinamentos inesgotáveis dos filhos da D. Conceição e “Seu” Ormenzindo. Trocamos notícias, fotos e comentários relevantes para que todos estejam à par de tudo o que está acontecendo na grande árvore familiar. Comemoramos juntos aniversários, vitórias pessoais e brindamos a cada nascimento de novos ramos. Tudo com muita alegria e amor assim como fazia a vovó Conceição que não conheceu esse recurso digital, mas sempre fez essa rede familiar funcionar através de cartas que mantinham todos ligados.

E é assim que seguimos fortificados por nossas raízes e nos mantemos firmemente ligados ao troco que nos sustenta e inspira. Herança de Conceição e Ormenzindo que prospera e fecunda incessantemente. Gratidão vovô e vovó!

  • Share/Bookmark

Suely Buriasco Recomenda:

Deixe um Comentário

Wp Plugin by capn3m0