Pequenos gestos, grande impacto na equipe

Postado em 27/11/2017 | 0 Comentários

 

Suely Buriasco

Uma postagem numa rede social me fez relembrar vários casos que presencio nos treinamentos que realizo em empresas. É realmente impressionante o quanto pequenas ações são capazes de causar grande diferença no desenvolvimento do trabalho em equipe. Afinal, o comportamento cultural do grupo, a forma como demonstram suas emoções e estabelecem a dinâmica de seus relacionamentos é fundamental para a motivação do trabalho.

A postagem

Uma das grandes dificuldades para a mulher é voltar ao trabalho depois da licença maternidade. Dedicar-se à profissão nesse momento costuma provocar um misto de angústia, culpa, medo e preocupação. A postagem que me refiro é de uma colaboradora e retrata a forma carinhosa como determinada empresa a recebeu depois da licença. Não havia nada de monumental ou dispendioso, apenas um cartaz de boas-vindas com balões coloridos formando uma decoração singela e carinhosa. Na mesa dela um bonito cartão no qual os diretores e colegas da empresa comemoraram a sua volta. Simples e acolhedor, o bastante para alegrar e motivar a colaboradora.

O contraste

Assim como pequenas ações podem operar grandes prodígios para a motivação, o contrário também é verdadeiro. Pequenas atitudes impensadas são capazes de arruinar o ambiente empresarial e causar grande dano para todos. Quando os membros de uma equipe não conseguem gerenciar seus conflitos, a satisfação no trabalho diminui vertiginosamente e, claro, o rendimento acompanha essa queda. Exemplos não faltam, os mais comuns são os acontecimentos que são tidos como implicância pessoal. “Fulano não gosta de mim e me persegue”, “O errado sempre sou eu” e ai por diante. Quando essas pessoas conseguem ouvir uns aos outros as situações se esclarecem e os conflitos se estabilizam.

A valorização

Sentir-se importante é primordial para a satisfação humana. Quando a empresa acolhe seus colaboradores, demonstrando a importância real de cada um para o desenvolvimento do trabalho, provoca a satisfação. E nem é preciso lembrar que colaborador satisfeito rende muito mais, incorpora as necessidades da empresa e luta por seu desenvolvimento. A valorização dos membros da equipe é elemento básico para a motivação no trabalho. O fato é que tanto na vida pessoal, como profissional todos nos motivamos quando sentimos que nossos esforços são reconhecidos. Shakespeare já dizia que “nossos elogios são o nosso salário”.

 

Suely Buriasco

Mediação de Conflitos e Coaching

www.suelyburiasco.com.br

  • Share/Bookmark

Suely Buriasco Recomenda:

Deixe um Comentário

Wp Plugin by capn3m0