Mulher – Muitas conquistas, muito a ser conquistado

Suely Buriasco

O 8 de março, dia em que se comemora o Dia Internacional da Mulher é um marco do movimento de reconhecimento da importância da mulher em todas as esferas da sociedade. Ouço dizer e concordo que dia da mulher é todo dia, mas enalteço uma data que nos faz lembrar das conquistas do passado e do quanto ainda precisamos conquistar.

A missão feminina não é tarefa fácil, afinal são tantos os entraves que manter a graça e a harmonia nem sempre é simples. Mas as mulheres que marcaram época nunca tiveram facilidades na vida. Muito pelo contrário, são mulheres que lutaram contra a discriminação, a miséria, violência e a desigualdade. Abriram caminhos às mulheres de hoje que continuam nessa batalha com coragem e tenacidade.

Mesmo não tendo as mesmas facilidades em relação aos estudos, muitas mulheres fizeram invenções incríveis. Como exemplo de legado feminino na tecnologia podemos citar a austríaca, naturalizada norte-americana, Hedy Lamarr que desenvolveu uma tecnologia durante a Segunda Guerra Mundial cujo conceito de transmissão acabou, mais tarde, permitindo o desenvolvimento de tecnologias como o Wi-Fi e o Bluetooth. O vidro invisível que revolucionou as tecnologias de câmera e melhorou significativamente os aparelhos foi criado pela física americana Katharine Blodgett.  A afro americana Marie Van Brittan Brown criou o primeiro sistema de vigilância por vídeo que originou os sistemas modernos de vigilância com câmaras que possuímos hoje. E isso lembrando só a área de ciência e tecnologia.

O papel da mulher é cada vez mais extenso na sociedade. Aliás, de forma majoritária, no passado coube a ela criar os indivíduos que formaram as sociedades do futuro.

Nos dias atuais, dada a luta feminina, isso aos poucos vem mudando e os homens têm participado de forma mais efetiva da educação e criação dos filhos, dividindo, não só essa tarefa, como tantas outras antes ditas apenas femininas.

 

E nós mulheres temos ido muito além. Estudos indicam que em movimentos filantrópicos e que promovam a transformação social o número de mulheres atuantes é muito superior aos dos homens.

Estamos na ativa em favor de um mundo melhor. E que venham novas conquistas!

 

2018-03-12T21:16:04+00:00